Pressão da bancada evangélica leva ministro da Saúde a revogar portaria que legalizava o aborto

A polêmica gerada pela portaria do Ministério da Saúde que abria precedentes para a prática do aborto na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) com os custos pagos pelo governo federal levou o ministro Arthur Chioro a prometer que revogaria a determinação.

O recuo aconteceu depois da pressão feita por setores da sociedade contrários ao aborto e de um ameaças de ações judiciais.

A Presença de Deus

I Crônicas 13:14

Introdução: Muitas pessoas desconhecem que hoje é possível viver na presença de Deus. Vivem preocupadas com tantas coisas que acabamesquecendo-se de buscar a Deus e de procurar viver em sua presença.

Outros, mesmo sabendo que podem ter uma vida na presença de Deus, desprezam essa possibilidade e dedicam seu tempo a outras coisas. Mas por quebuscar a presença de Deus é tão importante assim para nossas vidas? Por que devemos nos dedicar a conhecer e andar com Deus?

Marcha para Jesus 2014 no Rio de Janeiro

A Marcha Para Jesus do Rio de Janeiro acontecerá no próximo dia 31 de maio, e contará com oito trios elétricos, além da presença de André Valadão, Bruna Karla, Fernandinho, Eyshila, Thalles Roberto, Fernanda Brum e Perlla, entre outros.

A expectativa dos organizadores é que o evento reúna milhares de pessoas no percurso entre a avenida Presidente Vargas e a Cinelândia, a partir das 15h00. O tema do evento deste ano é “Eu sou de Jesus, eu sou campeão”.

Seita cria igreja para adorar Beyoncé

No início a mídia tratou como uma rumor, uma piada, mas agora é oficial. Um grupo de fãs da cantora Beyoncé organizou uma “igreja” para adorá-la. O nome oficial é Igreja Nacional de Bey, e a seita responde pelo nome de beyism.

Com sede em Atlanta, na Geórgia, seus fiéis reúnem-se aos domingos, em cultos cuja trilha sonora é de músicas de Beyoncé. Oficialmente, a cantora nunca se pronunciou sobre o assunto.

Obviamente, a iniciativa gerou muitas críticas da opinião pública. Pauline John Andrews, conhecida como “Ministra Diva”, é a pastora fundadora da Igreja.

Com nova lei em Brunei, cristãos podem ser mutilados e apedrejados até a morte

O sultão de Brunei anunciou recentemente uma nova lei, baseada em punições criminais islâmicos, que vem sendo criticada por funcionários da ONU e representantes de outros grupos de direitos humanos.

Brunei é um pequeno país, de pouco mais de 420 mil habitantes, situado no sudeste da Ásia, e já vem praticando as leis islâmicas para regular assuntos civis, como as questões pessoais e familiares; mas agora as leis serão estendidas para cobrir infracções penais.