Missionários são presos na China e podem pegar pena de morte

Esta semana, um casal foi preso na China, acusado de roubar “segredos de segurança nacional”. Essa poderia ser apenas mais uma história dentro do tumultuado cenário político chinês, onde o governo faz terrorismo com a população o tempo todo. O detalhe é que Pequim vem aumentando a repressão nos últimos meses contra as igrejas cristãs em todo o país.

Na terça-feira, as autoridades detiveram o casal de canadenses Kevin Garratt (54) e Julia Dawn (53) Garratt. Embora o governo diga que eles “são suspeitos de reunirem e roubarem material secreto sobre, entre outras coisas, os objetivos militares chineses e importantes projetos de investigação no âmbito da defesa nacional”, na verdade os dois são missionários evangélicos.

Os Sete Banhos de Naamã

II Reis 5.1-19

Introdução: O número sete na Bíblia traz o simbolismo de completo ouinteiro. Quando Eliseu mandou Naamã se banhar sete vezes certamente a mensagem seria que precisava de uma lavagem por inteiro. Ele desejava curar-se da lepra em seu corpo, mas Deus queria restaurar sua vida inteiramente.

O General Naamã andava com vestes finas. Provavelmente estaria fardado visto que levava cartas do rei e deveria se apresentar oficialmente (II Reis 5.6). O que ninguém sabia era que embaixo daquela suntuosidade toda havia o mau cheiro das feridas da lepra.

A Justificação de Abraão

Romanos 4.1-25

Paulo encerrou o capítulo 3 com a afirmação que a fé confirma e não anula a lei. Ele continua o seu argumento, citando o exemplo do pai do povo da aliança,Abraão. Todos os judeus respeitavam profundamente o pai de sua nação. Mostrando que Abraão foi justificado por fé, e não por obras de lei, Paulo reforça a sua defesa do evangelho entre os judeus.

Abraão justificado por fé (1-8)Abraão foi justificado por obras de mérito, recebendo o salário justo por suas obras? Não! Deus aceitou a fé dele no lugar de perfeita justiça. AssimAbraão recebeu o favor (graça) de Deus, e não recebeu um salário devido por serviço prestado ao Senhor (1-4). Quando a pessoa confia em Deus, crendo que ele justifica o ímpio, Deus aceita a fé no lugar da justiça (5).